• CMRLOG

LCL x FCL: Entenda este conceito no transporte de cargas

No processo de transporte de cargas em contêineres é comum se deparar com os termos LCL e FCL, que respectivamente significam, Less than Container Loaded (menos que um contêiner carregado - fracionado), e Full Container Loaded (contêiner totalmente carregado).

As cargas como LCL, indicam que o exportador não tem carga o suficiente para encher sozinho um contêiner, e por isso, há o compartilhamento do transporte evitando pagar por um espaço qual não utilizará. Nesse caso, o contêiner será compartilhado, sendo a carga enviada junto a de outros exportadores.


Esse modelo é vantajoso por ser econômico, já que o custo é rateado entre os exportadores que estão enviando suas cargas. Ao chegar no destino final, cada importador é responsabilizado pelo cuidado e transporte de sua carga, individualmente.

Já modelo FCL, indica que o transportador tem carga o suficiente para encher sozinho um contêiner, ou também que o mesmo pode não ter enchido sozinho o contêiner, mas prefere ter suas cargas carregadas sozinhas.


Entender estes dois conceitos é muito importante para que você possa se decidir em relação ao carregamento e transporte de suas mercadorias, optando pelo mais viável e o mais econômico.

Diferenças entre LCL E FCL no carregamento

  • Volume de remessa

O volume de embarque se refere à capacidade que a mercadoria transportada ocupa. Isso geralmente é medido em metros cúbicos ou pés cúbicos. É, na maioria das vezes, o fator decisivo ao escolher entre remessas LCL e FCL.


Remessas LCL são geralmente a melhor opção para remessas de baixo volume entre 2 e 13 metros cúbicos. Cargas com menos de 2 metros cúbicos também podem ser enviadas no modo LCL (ou no transporte aéreo).


As remessas FCL tendem a ser mais baratas quando usam mais de 10 pallets padrão ou ocupam mais de 14 metros cúbicos.

  • Segurança de carga

É natural que todos os exportadores esperem que suas mercadorias estejam seguras ao atravessar os oceanos. Mas nem todas as remessas exigem o mesmo nível de segurança.

Certos embarques são mais sensíveis a mudanças e movimentos do que as mercadorias estão frequentemente expostas durante o carregamento.


Uma remessa FCL tende a ser mais segura porque tem espaço exclusivo para todo o contêiner. Isso significa que não está em contato com cargas de outros embarcadores - como no caso do transporte LCL - e não corre risco de danos ou contaminação de outras mercadorias. Também, se não houver fiscalização com presença física nas Aduanas dos países, o container chega ao importador com o Lacre que foi colocado pelo exportador.


LCL pode, no entanto, ser a escolha mais segura para certas remessas. Remessas de baixo volume são embaladas de forma mais compacta, o que deixa pouco espaço para movimentação.

  • Urgência de envio

É importante planejar uma remessa com antecedência, mas as coisas nem sempre se encaixam e as circunstâncias podem não permitir. Ao decidir entre FCL e LCL, taxas à parte, outro fator a se considerar é a urgência de sua carga chegar ao destino.


O frete FCL é geralmente a melhor opção para remessas urgentes ou para remessas que precisam chegar antes de uma data fixada. LCL é mais adequado para remessas com datas flexíveis.


Além dos transbordos, os embarques LCL também estão mais sujeitos a atrasos devido ao manuseio múltiplo que passam durante a viagem. As remessas LCL devem ser descarregadas e carregadas sempre que chegam a um porto de transbordo. No Brasil,. geralmente as cargas LCL tem um tempo maior para que seja validada a Presença de Carga pelo terminal, para início dos trâmites aduaneiros.


Além disso, durante os períodos de alto congestionamento, como a alta temporada de remessa que vai de agosto a outubro ou as semanas que antecedem a Golden Week da China, pode ser mais fácil reservar uma remessa LCL do que uma remessa FCL.

  • Transporte Rodoviário

No Transporte Rodoviário, os containers (FCL) são transportados em carretas porta container adequadas, onde podem carregar um ou dois containers simultaneamente, de acordo com a característica do destino final.

Já para carga LCL, pode se utilizar um veículo dedicado de acordo com tamanho da mercadoria, para que o importador tenha previsibilidade da chegada da carga, ou, que seja transportada como carga fracionada, onde pode ter um custo menor, mas com Transit Time maior e sem previsibilidade de horários.


Realize uma cotação conosco! E veja como conseguimos agregar serviços, diminuindo custos e aumentando a confiabilidade nos serviços executados.

20 visualizações